sexta-feira, 8 de junho de 2012

AGE pode ser cancelada!

Indica o Pr. Antonio Mesquita em seu blog que a AGE em Maceió pode ser cancelada. Pelo que entendi, por puro capricho do Pr. Samuel Câmara. É que ele teria mil ministros sob sua liderança, dos dois mil presentes. Daí ele orienta sua bancada a votar contra determinada matéria somente para mostrar seu peso! Entenderam? Ele está melando a votação das matérias, para mostrar que tem cacife para a próxima eleição. A se confirmar esta hipótese, é um objetivo mesquinho e tacanho, mas nada surpreendente. Para quem sabe ler nas entrelinhas, a esperteza começou quando ele inscreveu, junto com seu irmão, nada menos que 903 ministros. As convenções do Nordeste dormiram no ponto. Agora Inês é morta.

Por falar nisso, uma das resoluções é a CGADB externar sua contrariedade ao casamento homossexual!? Depois de tanto tempo, agora decidiram pela publicação na mídia secular de um repúdio à decisão do STF. Pode ser um tiro no pé, ressuscitar uma discussão dessa natureza. Vamos somente atrair a atenção, desnecessariamente. O correto era isso ter sido feito quando o STF julgou o assunto. Novamente, endomarketing 10, marketing externo 0.

Quanto à AGE, infelizmente, a CGADB fez tudo errado, desde o início, no meu limitado entender. O correto seria criar uma comissão de debate nas várias convenções, envolvendo o presidente de cada uma delas e uma comissão de jurisconsultos entre seus pastores. A CGADB daria um prazo para o retorno e compilaria as sugestões redundantes. Somente depois, haveria a AGE para a votação final de um documento único. Assim se teria um projeto amplo, com o esgotamento das possibilidades e pouca perda de tempo. O debate se daria em torno dos termos não consensuais.

Daí a boicotar as votações por puro narcisismo é outra história. Como o segredo de aborrecer é dizer tudo, como diz o Reinaldo Azevedo, está faltando o que fazer a esses pastores. Enquanto isso o País agoniza com os problemas reais das igrejas e convenções, além dos próprios problemas espirituais do mundo em que vivemos.

Já dizia Tancredo Neves, quando a esperteza é muita, fica grande e engole o dono. Uma vergonha!

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Daladier,


Realmente é feio o que o pr. Sc está fazendo.Só que o presidente da CGADB errou 1º pois não respeita a própria legislação da CGADB que regulamenta os 2/3 de aprovação.

Se o Samuel ficasse calado o presidente da CGADB ia fazer isso em 2013 nas eleições da CGADB e o mal sera maior ainda.

Tocai a Trombeta em Sião! disse...

quem vai ser o próXImo presidente da CGADB? Alguém dúvida que será o Pr. José Wellington?
Enquanto deixar o homi vai ficando! rsrsrsrs....
Pr. Samuel perdeu muito com a saída de Silas, aliás se Silas tivesse ficado e lançado candidatura a presidência, alguém dúvida que ele não venceria?
Digo de antemão, não concordo com a teologia que o Pr. Silas prega atualmente, mas pelo menos seria algo novo depois de muitos e muitos anos.
E na verdade nem sei dizer o que é pior Pr. Silas com sua teologia da prosperidade ou Pr. José Wellington com as mesmices e omissões dos problemas que a denominação vem atravessando.

.. disse...

Isso mostra que nem tudo o que o presidente da CGADB "aprova" é de fato aprovado pelo plenário, e isso põe em credibilidade as votações de plenárias na CGADB.