domingo, 22 de setembro de 2013

Hinê má tôv umaanaim shevet ahim gam yachad! Atualizado!


- Olá, pastor. Tudo na paz?
- Amém.
- Fiquei em dúvida com relação a um assunto...
- O que foi?
- Conheci um rapaz de uma outra Convenção aqui do Estado e convidei-o a vir amanhã à nossa Santa Ceia aqui em Desterro. Ele despistou... disse que talvez não viesse pois não poderia cear. Fiquei preocupada e perguntei o porquê? Ele respondeu que não era pecado, ou algo assim, apenas que sua Convenção até permite que nos visite, mas como os irmãos daqui estão desviados, seu líder nos proíbe de cear conosco. Eu até fiquei em dúvida e perguntei a outra moça que é conhecida de minha família sobre isso. Ela confirmou a história e ainda acrescentou que tal assunto foi tratado em reunião na Igreja.
- Ah! Minha jovem, fique tranquila. Lá no Céu haverão vários compartimentos. Um para a Convenção A, outro para a B, outro para a C. Jesus vai cear em cada um deles, que terão festas particulares e viverão isoladas entre si. Umas Convenções vão chegar lá pela misericórdia, outras por merecimento. Entendes?

Ô se vai....

Ps: Amanhã é Ceia em Desterro, vinde todos irmãos de todas igrejas que estão em comunhão com o Senhor Jesus. Vocês não imaginam o asco que falar nisso dá...

Atualização: Me envia um e-mail uma liderança de outra Convenção (não falei de nenhuma específica, mas a carapuça caiu). Diz que somos bem recebidos lá. Diz que a jovem foi enganada pelas informações que recebeu do rapaz. MAS não comentou a questão da proibição de cear conosco. Propus a ele o seguinte: Das duas uma: Ou os membros e congregados estão entendendo errado as diretrizes da liderança ou é tudo verdade. Não há alternativa...

7 comentários:

Márcio Melânia disse...

Paz e graça Daladier,

Amado irmão, desde quando a comemoração da morte, ressurreição e eterna glória de Jesus, a Santa Ceia, é de uma "convenção"? ou até de uma denominação?
Que fique bem claro para os condutores de ovelhas, a mesa é do Senhor e não de seu "curral".

João Paulo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daladier Lima disse...

Paz do Senhor Jesus.
Irei responder em 2 parte, pelo tamanho do comentário, grato pela publicação.
Parte 1
Quero responder o comentário do meu irmão em Cristo Jesus João Paulo M. de Souza, o qual é muito eloquente e mostra-se um estudante das Escrituras, contudo não há ninguém tão sábio que não possa aprender mais, nem tão pobre de sabedoria que não possa ensinar, assim me coloco na segunda parte , por mais que saibamos e amadurecemos, sempre seremos eternos estudantes da Palavra de Deus e segundo o Apostolo Paulo entendo por partes conforme I CO 13-8.
Então gostaria de fazer esse comentário e dar todo direito a treplica ao meu irmão.
O amado fala: "aderência carnal de muitas igrejas à gestão empresarial"
Querido o modelo de gestão empresarial conforme o amado fala é resultado da orientação de Deus na vida do mui digno PR. PRESIDENTE e não preciso citar o nome visto que entendemos a jactância como o foi colocado.
Seguindo, quando falamos "aderência carnal de muitas igrejas à gestão empresarial", isso é muito grave, pois quando falamos de uma Igreja falamos de seus Lideres, ou seja, Ministros e obreiros separados, consagrados, provados pelo Senhor para uma obra aqui na Terra que não é nossa, somos apenas mordomos "mordomia cristã" aprendi isso com meu PR., querido se separar as localidade de abrangência da Igreja por áreas, setores, filiais etc, for gestão carnal as empresas tem que copiarem mesmo visto que isso chama-se organização, supervisão, coordenação, cuidado, zelo entre outros, igualmente a colocar Ministro responsáveis e ligados ao PR. Presidente isso chama-se união e união faz a força.
O amado fala:"Os líderes que praticam esse pecado que vem destruindo relacionamentos sociais vão pagar muito caro. Membros de igrejas não podem ser equiparados à integrantes de torcidas organizadas, que, depois das partidas de futebol, adoram se digladiar."
Eu posso citar um fato histórico os 80 anos da AD-Abreu e Lima, 30 mil pessoas em um estádio, que naquele momento foi lugar santo e Deus se fez presente, não tinha só crentes de uma Convenção não e não vi uma briga, uma critica que fosse, um gesto de afronta. Sabe o que é isso, no mínimo respeito, se não há comunhão entre algumas convenções do mesmo Estado procuremos os fatos, verdades, mais verdades verdadeiras e tiremos nossas conclusões, irmão João vejo que és jovem, eu também, vivemos a história feita e erigida pelo homens do passado, nossos pais, então devemos ouvi-las por quem viveu essa realidade e que viveu e sentiu essa separação de perto, não de ouvir falar. “O MELHOR SERIA ESQUECELA E SEGUIR EM FRENTE, OLHANDO PARA JESUS”.
Poderia citar fatos da convenção a qual faço parte, mais coisas boas tem de ambos os lados.
Não compare crentes com torcidas organizadas, isso sim é um pecado, somos eleitos de Deus, Nação Santa, Escolhidos, não uma ou outra convenção, não são elas que vão para o Céu são os crentes em Cristo Jesus. Porém nosso caminhar depende do que aprendemos do ensinamento dos Obreiros delas, não só, mais também meditando de dia e de noite na Palavra.
O amado falou. "Saí da AD - não de Cristo -, depois de oito anos de Evangelho, por conta disso e muito mais (usos e costumes, centralização de poder, nepotismo descarado, avareza, briga hierárquica etc.). Desculpe-me a franqueza, mas uma parte considerável dos líderes dessa denominação perdeu a visão do Reino (Mt 6.33)."

Daladier Lima disse...

Parte 2
Sobre isso MISERICÓRDIA...
Não pregamos usos e costumes para ser salvos, mais por ser salvos, crentes e separados, temos os usos e costumes diferentes dos atuais do mundo, alias sempre foi diferente, olhe a historia,devemos viver conforme a Bíblia e a Liderança da Igreja a qual Deus escolheu. Se o amado desejar posso enviar via e-mail fatos históricos e bíblicos que comprovem, e sem dizer que a DOUTRINA É BÍBLICA AS REGRAS DA IGREJA É A LIDERANÇA QUE AS DEFINI VISTO REFLETIR SEU PERFIL DOUTRINÁRIO.
Obs. Nunca a doutrina da Igreja vai ser boa se não contemplar o bom hábito, que são, principalmente, na palavra do Senhor. Atos 2:42,2 Tim. 03:10 Rom. 6:17, 2 Tessalonicenses. 2:15.
Não perdemos a visão do Reino apenas não pregamos o que o povo quer ouvir é o que o povo tem e deve ouvir e o mais importante o que o Espírito Santo conduz o Homem de Deus a falar, quando esse se deixa ser usado.
O amado fala. "As Escrituras repudiam quaisquer atitudes egoístas (Pv 18.1). Ninguém tem o direito de "dominar" ninguém (1 Pd 5.1-4). Não nascemos para sermos escravos dos homens, mas de Deus, que nos livra do pecado (Jo 3.16; Rm 3.23, 24)."
Partindo do principio egoísmo, tenho contra partida o zelo pela doutrina da Igreja, ainda que da mesma denominação, hoje não temos uma CGAD firme que supervisione, não entremos nesse tema, mais creio que uma Igreja que teve como seus fundadores os missionários suecos Joel Carlson e Signe Carlson, seguidos dos mui dignos Prs. José Amaro da Silva, José Leôncio da Silva e o atual PR. Ailton José Alves, entre o Missionário Joel Carlson tivemos os Prs. Interinos, dignos de honras cujo nomes não citei. Não são repudiantes, nem egoístas, apenas zelosos e com a atual gestão da Convenção de Cristo no caso, o zelo perdeu as rédeas, mais na convenção tem Ministros honrados e sérios SIM, crentes santos SIM, uma Igreja que trabalha SIM, missionária SIM, uma benção SIM.
Agora se não tem respeito à hierarquia e estão dividindo-se ai é outra história.
Agora aqui a forma de governo e presidência é uma só de ponta a ponta e na missão, fortalecendo e unindo a convenção e avisam que Deus dá ao Anjo da Igreja.
Outro ponto Mt6.33, não estamos buscando o reino de DEUS, hoje temos uma meio de divulgação da Palavra de Deus 24h na TV e Rádio, na internet e construções de templos não param e reuniões frequentes com os obreiros de auxiliar a pastor. Orientação e ensino da Palavra, campanhas de oração para cada evento, jejuns etc.
E nos enquadramos nesse versículo meu irmão? No meu ver faltou um POUCO de respeito à CONVENÇÃO a qual você esta se referindo (AD não de Deus).
Os que falam de Abreu e Lima SÃO PORQUE estão ociosos em Recife, porque assistir pela internet o ultimo culto de Caixa de Missões e foi uma benção, inclusive o Pr. Presidente de João Pessoal esta lá, pregou, foi pão quente do Céu.
Peço-lhe perdão se fui grosso ou agressivo em alguma expressão, não foi a intenção, nem quero ser o defensor de uma convenção sólida que esta comemorando seus 97 anos, quem sou eu, apenas um membro, que ama a Igreja e Convenção sou repito membro, mais ao Pr. da minha congregação como aos demais, eu me lembro é homem igual a mim, porem com a unção que Deus o deu e o constituiu como Ministro da Casa do Senhor e os delegou autoridade e poder, como os demais obreiros, eu no seu lugar não falava assim, o que Deus estabeleceu é Obra Santa.
Nãos seja por mim e por você o escândalo, e ai daquele que o vem...
Erros amado sempre terão, somos falhos, fracos e dos mais lindos Ministérios que Deus nos deu é o do perdão e reconciliação mais nossa parte é anunciar o evangelho e orar para que os erros e pecados em oculto sejam confessados e que todos os irmãos tenham comunhão, sem hipocrisia em Nome de Jesus.

Paz do Senhor,

Ir. Marcos Evandro

João Paulo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Paulo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
R matos disse...

Pelo que noto, se vale mais pelo "status quo" de uma convenção do que de comunhão em Cristo, sendo esta última,isenta de placa ou sigla.