sábado, 26 de maio de 2012

Um grande erro!

Lendo sobre o retorno de Marta Suplicy apoiando o PL122, como era em seu texto original, proposto por Fátima Cleide, relembro dos bobinhos que acreditaram nas mentiras do PT. De que o partido não nos faria mal algum, que não nos perseguiria. Dilma foi recebida em várias festividades durante a campanha, sem que ninguém fosse capaz de exigir um compromisso assinado. Diversos deputados evangélicos e lideranças acederam com os acenos.

Agora, eleitos, ao invés de atacar os problemas estruturais do Brasil, eles acenarão em todas as direções buscando simpatizantes, tentando desviar a atenção para os verdadeiros problemas. Mesmo que tenha de nos massacrar. A omissão flagrante das grandes igrejas evangélicas brasileiras, contribui para o desmando. Até quando!? Silas Malafaia pode até estar errado, mas ao menos se mexe.

Outro pensamento digno de atenção é aquele que prevê que a provação virá à igreja brasileira, de qualquer maneira. Pela Bíblia sabemos que seremos perseguidos. Não me assusto com nada do que está acontecendo, mas não podemos admitir um comportamento refratário e omisso da igreja brasileira. Podemos e devemos lutar até aonde for possível para estabelecer o respeito ao modo de pensar e viver cristão evangélico.

Há tempos a Assembleia de Deus está devendo uma nota nos principais jornais do Brasil, no domingo, elencando cada princípio norteador de nossos costumes. Do contrário, morreremos todos abraçados. E muitos nos atirarão pedras, crendo piamente que o problema somos nós.

4 comentários:

Newton Carpintero, pr. e servo. disse...

Caro Daladier Lima,

A paz amado!

Qual Assembléia de Deus?

No momento possuímos várias classes de Assembléias de Deus.

Infelizmente, existem vários plantadores de semente de heresias. Fazem o que desejam e não medem esforços para produzirem mais gordas ovelhas.

Produzir discípulos é diferente de criar ovelhas. Preferem as ovelhas.

Ovelhas quase não reclamam e comem até mesmo grama sintética.

Discípulos questionam, debatem, querem tirar dúvidas e por esta atitude são direcionados ao silêncio.

Estes são detestados em qualquer ministério, principalmente se o ministério for vitalício... vitalício... vitalício... e depois e repassado ao filho, aos filhos ou aos genros e em casos especiais as filhas que se tornam imediatamente pastoras para em seguir assumirem o reinado desta ou de outras igrejas da mesma propriedade. Triste!

Vamos consertar a igreja antes de consertar a rede política emaranhada com a igreja e alguns dos seus proprietários.

A igreja é uma fonte de renda absorvente. Recebe, pede e pouco investe no que deveria.

Tenho motivos para escrever desta forma, e condenar a construção dos MEGA TEMPLOS, que é um ANTONIMO do que é pregado sobre o arrebatamento, tão próximo.

Vaidade, arrogância e muita cara de pau, promovem o encurtamento cada vez maior dos políticos corruptos com os corruptos pastores. Triste!

O Senhor seja contigo,

O menor.

João Paulo M. de Souza disse...

Amado irmão Daladier, a paz do Senhor!

Interessante e reflexiva postagem.

No Senhor,

João Paulo

Patricia Galis disse...

Muito complicado opinar, por um lado sei que estamos caminhando para o cumprimento da palavra, mas por outro existe a arrogância de alguns servos que acham que já ganharam o céu e são intolerantes, eu não concordo com o pecado e abomino, jamais negaria a Cristo para dizer vc esta certo em ser assim ou assado, mas temos que tomar cuidado com o que falamos pois já vi almas serem perdidas pela intolerância. Não posso exigir que a pessoa como citou a Marta tenha qqr coerência pois ela não conhece a palavra então luta pelo que acredita, mas enfim é pedir a Deus discernimento e agir como Cristo agiria.

Discípulo de Cristo disse...

Irmão Daladier, Paz Seja Contigo.

Concordo plenamente com o brilhante comentário do Pr. Newton Carpintero. Ou seja, o problema não é o PT e sim o rumo ao desmando e corrupção de parte da igreja evangélica; que, se não se ajustar ao Evangelho de Cristo, inevitavelmente sofrerá as consequências de seus próprios erros, já descritos pelo amado pastor Newton.

Quanto ao "apóstata" Silas Malafaia, o mesmo não passa de um grande oportunista, pois em um de seus programas televisivos (Vitória em Cristo), ele declarou que: "os evangélicos poderiam votar em candidatos que defendem aborto e a causa dos homossexuais; entretanto, não deveriam votar em candidatos que fossem contra a 'marcha pra Jesus'".

Em outras palavras, essas ditas marchas, tem servido para que ele (Silas), como formador de opinião pentecostal que é, manipule seus admiradores como massa de manobra para sua vaidade pessoal; e também, como demonstração de poder de barganha diante de políticos, pelo direcionamento de votos aos mesmos.

Um abraço do
Discípulo de Cristo,
J.C.de Araújo Jorge