sexta-feira, 15 de março de 2013

Quem entende?

Eu sou muito burro mesmo pra entender essa dialética evangélica. A Globo promove um festival paralelo, critica os evangélicos e a turma ainda adere? Agora só falta colocar o Jean Willys pra cantar... A ausência de críticas à Xuxa [por seu comentário preconceituoso contra Feliciano] pelos cantores evangélicos começa a fazer sentido. Os artistas gospel não se envolvem em defesas de preceitos caros à fé. Pairam em auras. Vez ou outra cobram cachês para aparecer em um festival...


2 comentários:

Tocai a Trombeta em Sião! disse...

Caro pastor, antigamente e olha que eu não sou tão velho assim, tenho 41 anos, rsrsrsrs... Meu saudoso Pr. Francisco Caetano Muniz da AD Belford Roxo, RJ, nos ensinava que ouvir musica secular entre outras coisinhas era pecado, desagradava a Deus, mas pelo jeito que as coisas vão, eu acredito que Deus vai se agradar mais em estarmos ouvindo cantores seculares do que certos "cantores evangélicos e com supostas musicas que falam de Deus."
Grça e paz.

Pastor Geremias Couto disse...

A$ conveniência$ $ão mai$ intere$$anteS do que a coerência.